Ir para: página inicial | pesquisa   | área reservada

Reactivação de fábrica de açúcar de Coruche é excelente notícia para os agricultores

A perspectiva de a fábrica de açúcar da DAI - Sociedade de Desenvolvimento Agro - Industrial, em Coruche, poder voltar a transformar beterraba “é uma excelente notícia para os agricultores da região”. Quem afirma é o vice-presidente da Agrotejo - União Agrícola do Norte do Vale do Tejo, Mário Antunes. Para o engenheiro esta “pode ser mais uma oportunidade para os agricultores”. Mas para isso é preciso que a empresa DAI tenha em conta, não só a rentabilidade da fábrica, como também a rentabilidade dos próprios agricultores. “É uma cultura que está adaptada à região, ao clima e aos agricultores por isso pode ser uma mais-valia”, diz.

Os agricultores estão neste momento obrigados a um conjunto de regras no âmbito da PAC - Política Agrícola Comum, nomeadamente no que diz respeito à diversificação das culturas, que os obriga a ter várias culturas, durante o mesmo ano, na mesma exploração agrícola. Por isso a cultura da beterraba é vista como uma boa solução para fazer face, não só a esta obrigação, como também para os níveis de rendimento “que têm sido inferiores àquilo que são as perspectivas e expectativas dos agricultores, que em muitos casos se traduzem em valores quase abaixo da linha de água”, explica o dirigente agrícola.

Para os agricultores, a cultura da beterraba foi, na altura em que foi instalada em Portugal, uma boa alternativa e com um significado muito importante para a região porque, por um lado, tinha rendimentos equiparados a outras culturas feitas na região e por outro, foi uma cultura que os agricultores souberam apostar. “Num curto espaço de tempo conseguiram atingir níveis e patamares de produtividade muito acima do que era normal na Europa”, refere.

Neste momento os agricultores do norte do Vale do Tejo estão a produzir, nas parcelas com apetência para beterraba, outras culturas como milho, tomate, cebola, batata e trigo. “A beterraba é de facto uma boa solução para os produtores e nesta altura quanto mais soluções houverem melhor para todos”, conclui.

Fonte:Mirante


     

Voltar

Mário Antunes

© 2013 AGROMAIS – Entreposto Comercial Agrícola, C.R.L. | Todos os direitos reservados


Zona Industrial de Riachos – Apartado 24 2354-908 RIACHOS
Tel: +351 249 830 170 Fax: +351 249 830 179 - agromais@agromais.pt

Desenvolvimento: AGROGESTÃO