Ir para: página inicial | pesquisa   | área reservada

Avaliação do Impacto Económico Causado pela Retirada de Substâncias Activas

Existe uma probabilidade elevada de várias substâncias activas, actualmente autorizadas no nosso país, virem a ser proibidas num horizonte temporal mais ou menos alargado. Este facto resulta não só de uma única causa, mas de um conjunto de peças legislativas, todas elas apontando para um conceito de avaliação que não tem em conta a relação entre o benefício e o risco na utilização dos produtos. Neste ambiente regulatório na UE e com o enorme incremento de custos para introduzir uma nova substância no mercado, a indústria tende por um lado, a reduzir o seu investimento em I&D e, por outro, a dirigi-lo preferencialmente para outros continentes.

Neste sentido, a retirada de substâncias activas no espaço europeu será muito fracamente compensada pela entrada de novos produtos.

Procurámos fazer uma avaliação do impacto deste cenário na nossa economia agrária, tomando como base de análise cinco fileiras produtivas chave do sector: vinho, azeite, pera rocha, tomate de indústria e milho-grão.

Quisemos ser totalmente isentos, como se impõe, recorrendo a dados oficiais, sempre que disponíveis e, sobretudo, ouvindo aqueles que, na sua actividade profissional diária, seja ela puramente técnica ou estritamente empresarial, têm a experiência, o "know-how" e a sensibilidade adequadas para contribuir de forma válida para este estudo.

Este trabalho foi efectuado entre Julho de 2015 e Abril de 2016 e agregou a participação de um total de 27 entidades públicas e privadas, colectivas e individuais.


Ver mais AQUI....





     

Voltar

Anipla_7

© 2013 AGROMAIS – Entreposto Comercial Agrícola, C.R.L. | Todos os direitos reservados


Zona Industrial de Riachos – Apartado 24 2354-908 RIACHOS
Tel: +351 249 830 170 Fax: +351 249 830 179 - agromais@agromais.pt

Desenvolvimento: AGROGESTÃO